terça-feira, 2 de outubro de 2012

EU, A INSENSÍVEL...

Hugo Sequeira
Acabei de ler esta notícia sobre o Hugo Sequeira e achei-a simplesmente ridícula! Perdoem-me esta sinceridade!

Quer dizer, não tem dinheiro para nada, mas procurar trabalho em qualquer àrea "tá quieto"! Claro, é muito mais fácil colocar o NIB à disposição! (Óptimo, posso colocar o meu aqui também?) O problema desta gentinha (com todo o respeito) é que enquanto têm trabalho, ganham balúrdios e gastam-nos nos minutos seguintes, não pensam no amanhã, depois têm depressões, óbvio! Pensam que os euros se multiplicam que nem baratas é? Como este, há outros milhentos actores/personalidades famosas com problemas financeiros e consequentes problemas de saúde. 

Fica a dica:

Meus queridos eu sei que não se pode pensar apenas no futuro e esquecer o presente, mas daí a gastarem tudo o que têm em excentricidades e esquecerem-se que o trabalho pode não ser duradouro, acho uma palermice! Meio termo parece-me justo!

A fama pode ser efémera...

19 comentários:

  1. Desconheço se ele chegou a ganhar muito. Fazer telenovelas e ser conhecido não é sinal de ser rico ou ter tido muito dinheiro. Há muito especataculo à volta.
    Sei que tem problemas mentais graves e devia ser ajudado. Apesar de tudo a criança tem direito a ter um pai. Tamb+em sei que quando não há possibilidades a Segurança Social fornece apoio judiciário, nomeadamente um advogado para o defender.
    Lamento pela sitaução dele. As doenças de foro psicológico podem ser mais devastadoras que as físicas.

    Um beijinho e que consiga melhorar e equilibrar-se.
    Dinheiro para um NIB? Nunca o fiz.

    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Correcto, mas de certeza que ganhou bem mais que eu!

      Eliminar
  2. Eh pah realmente este menino passou-se. Está doido só pode.
    vá trabalhar, a sério. Eu sim conheço pessoas (tenho uma bem perto) com problema financeiros graves e é a esse tipo de pessoas que devemos ajudar. Não digo que ele não esteja doente, mas daí a vir pedir dinheiro assim, tenha dó!!!

    ResponderEliminar
  3. Ele tem problemas sérios mas mentais :x

    ResponderEliminar
  4. Pode ser. Mas há ali mais qualquer coisa de ordem mental, para além disso, acho eu ..

    ResponderEliminar
  5. o mal de metade da população é este...viver a pensar apenas no dia de hoje...(por acaso os brasileiros também são assim e são felizes, isto foi só um a parte)sei que não somos assim descontraídos ao ponto de esbanjar tudo hoje e amanhã quando acordarmos logo se vê.
    Tenho pena de alguns actores porque são realmente muito bons e sei que o mundo deles é bem diferente do nosso.
    Não consigo ser assim até porque sou muito poupadinha...
    bjs

    ResponderEliminar
  6. Epaaaa tas a gozar!?! Esse gajo não bate bem só pode....

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  7. Não consigo fazer juizos de valor quando está em causa uma doença.
    Tenho todo o respeito por estas situações e só o ouvindo a ele é que poderia ter uma opinião.
    Lamento imenso que ele se encontre num momento tão difícil, todos nós estamos começados e não estamos acabados. Beijos

    ResponderEliminar
  8. Olá!

    Quando não há possibilidades financeiras a Segurança Social (ou o Ministério Público) fornecem um advogado a custo zero, por isso eu pessoalmente acho esta história toda um bocadinho estranha :S

    Beijinhos e um bom resto de dia! :)

    ResponderEliminar
  9. Pois é tb vi, o que mais me choca é que quer dinheiro para as custas judiciais para poder ficar com o filho. E sustentar o filho????? como é que ele vai fazer depois, se não tem dinheiro.
    Resto de um bom dia
    Bjkas

    ResponderEliminar
  10. Olha.. eu desgracei-me no Sábado passado nas compras, por precisava mesmoooooooooooooo daquelas botas lindas e daquelas camisolinhas.... Mas agora deixei de ter a conta tão folgadinha... Posso aproveitar e por o meu NIB aqui também???

    :p

    ResponderEliminar
  11. Eu gosto de ajudar quando posso, mas neste caso ele precisa de ajuda mas é de ajuda médica. Se não tem dinheiro, tal como já disseram, pode pedir um advogado oficioso. Como vai querer cuidar do filho se não tem possibilidades?!

    ResponderEliminar
  12. É mesmo... Tem q gerir o dinheiro pq tem profissões incertas. Além disso, foram eles q escolheram esta vida..

    ResponderEliminar
  13. Eu vejo um pai que não aceita a mudança e como D. Quixote luta contra moinhos de vento imaginários. Vejo uma obsessão, uma incapacidade de aceitar uma nova realidade e que tudo o que faz, dizendo ser por um direito que é indiscutível, só piora as coisas.

    Quantas crianças com pais separados e com segundas famílias existem por aí? Não é por isso que não são felizes. São os próprios progenitores que tecem o pesadelo e dificultam as coisas. Não deu, aceita-se. Existe uma criança, respeitem-na. Aprendam a partilhar. Não sabem fazê-lo? Perdem o direito. A cabecinha da criança é que não pode ser a vítima.

    Um filho quer sempre saber do pai, não importam as voltas que a vida dê ou o afastamento que se imponha. Não se pode é não ter juízo. E pedir dinheiro ao povo para recuperar a custódia partilhada de um filho revela, infelizmente, que não se está a raciocinar devidamente.

    ResponderEliminar
  14. pois, então vamos la todos por o nosso NIB a circular por aí, é que há tt gente que precisa.
    e esse menino de certeza que esturrou muito dinheiro por ai.
    mas o rapaz não esta mesmo bem

    ResponderEliminar
  15. Ele até tinha feito uma novela há pouco tempo, será que ganhou assim tão mal, ou andou a gastar demais?!

    ResponderEliminar

DEIXA A TUA OPINIÃO FORMAR A TEIA!